segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Como identificar um bom médico para cuidar da sua saúde


Se você já teve um problema de saúde, sabe que escolher um médico não é tarefa fácil. São muitos os aspectos que contam na hora de escolher um bom profissional, e eles não se referem apenas à formação ou à experiência, mas à maneira como o médico nos recebe, sua empatia, seu respeito e sua sensatez.
Confira alguns sinais que podem indicar que chegou a hora de você trocar de médico.
E, na dúvida, consulte o Conselho Federal de Medicina (CFM), órgão responsável pelo controle da atividade no Brasil. O CFM também recebe denúncias de maus profissionais.

10. Não se importar com o seu tempo

Um bom profissional deve ser uma pessoa segura, atenta, otimista, amável, educada e pontual. Sim, isso mesmo, pontual. Se o médico não for capaz de te atender na hora marcada e isso acontece mais de uma vez e sem motivo aparente ou prévio aviso, talvez você deva mudar de médico.

9. Ter avaliações negativas

Claro que a medicina não é uma ciência exata, mas a reputação é um aspecto importante na hora de escolher um médico. Se o médico for bom, em geral as avaliações sobre ele também serão boas. Não se esqueça de pesquisar sobre o médico antes de marcar uma consulta. Aqui, vale uma consulta sobre o registro no CRM/CFM.
8. Não conhecer o cliente/paciente
Se vocês têm uma longa relação, mas mesmo assim o médico não te respeitar ou se te confundir com outros pacientes, ele não parece ser muito competente.

7. Não saber escutar e não responder às suas perguntas

Um bom médico vai escutar tudo o que você tem a dizer, com calma, e vai responder a todas as perguntas com atenção e respeito. Além disso, vai sugerir caminhos para resolver os problemas, deixando a você a decisão de qual procedimento seguir. Além disso, fará o possível para que você entenda, em termos práticos, qual o seu problema.
6. Usar método antiquados
Claro que atrás de cada médico pode haver uma longa trajetória e formação acadêmica e prática, mas a ciência não para de evoluir, fazendo com que as técnicas de diagnóstico melhorem a cada dia. Além disso, os processos cirúrgicos também vão se modificando, e os médicos deveriam sempre estar atualizados. Procure se informar sobre a atualização profissional de seu médico, que cursos vem fazendo e se participa de congressos da área, por exemplo.
5. Pedir mais exames do que o necessário
Se o seu médico pede muitos exames e faz você passar por diagnósticos complicados sem antes conversar com você, ou saber como você está, é um mau sinal. Um profissional competente sempre vai conversar com o paciente, entender os motivos e a situação atual para, então, definir uma linha de conduta.

4. Não se interessar pelos medicamentos que você está tomando

Um bom profissional fará perguntas sobre o seu estado atual, seus hábitos, seu estilo de vida, os sintomas, outras doenças e os remédios que você toma. Além disso, ele vai se interessar pelo histórico de doenças na família.
3. Ter um aspecto descuidado
Roupas, mãos e lugar de trabalho: tudo isso importa muito.

2. Pressionar a sua tomada de decisão, ou te intimidar

Desde o primeiro minuto é importante que nos sintamos cômodos com o médico. Ele deve inspirar confiança e segurança. Sem isso, o tratamento não pode funcionar. Por outro lado, é importante que o médico dê liberdade de escolha, ou seja, forneça as informações necessárias, mas deixe a decisão para o paciente, sempre informando os perigos relacionados ao processo em questão.

1. Não falar nada sobre o seu estado

Após receber os resultados, o médico deve explicar os possíveis métodos de tratamento com base nos novos resultados. Ele não deve fugir das explicações, deixar perguntas sem respostas, usar apenas palavras específicas que nós não entendemos, ou dar desculpas. Não deixe tampouco que o médico neutralize a sua participação no processo de decisão.
Lembre-se: a saúde é sua e o processo de cura deve ser enfrentado pelo paciente com a ajuda e a participação do médico.
Foto de abertura depositphotosdepositphotos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...