quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Destinação de recursos do IR apoiará ação na comunidade do antigo lixão de Arcoverde

Resultado de imagem para comunidade da fundação terraResultado de imagem para comunidade da fundação terra
Até o dia 31 de dezembro, pessoas físicas e empresas podem destinar parte do Imposto de Renda devido aos Fundos de Diretos da Criança e do Adolescente, cujos recursos são utilizados para financiar iniciativas que trabalham para garantir os direitos do público infantojuvenil e melhorar sua condição de vida.
Pela regra geral, pessoas físicas podem fazer a destinação de 6% do total devido, desde que realizem a contribuição dentro do chamado ano-calendário, ou seja, até o último dia do ano anterior à declaração. As empresas que operam sob o regime de lucro real também podem destinar 1% do tributo devido.
42 projetos receberão os recursos do Programa Itaú Criança, cujo montante reúne as destinações dos funcionários do Banco Itaú e da própria organização. Em Pernambuco, foi selecionado o Projeto Tambores da Terra, que oferecerá atividades de educação e cultura para 75 crianças, adolescentes e jovens, entre 7 e 21 anos, da comunidade do antigo lixão do município de Arcoverde.
O projeto pretende melhorar o convívio social, elevar o nível de escolaridade, aumentar a frequência escolar e reduzir o risco de envolvimento com uso e tráfico de drogas, exploração do trabalho infantil e prostituição.
Os Fundos são administrados pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente. Ambos podem ser municipais, estaduais ou nacionais. Os Conselhos são paritários, com representantes governamentais e da sociedade civil. Após um diagnóstico local, eles desenvolvem um plano de ação para aplicar os recursos do Fundo em iniciativas/organizações sociais que atuem pelos direitos de crianças e adolescentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...