quarta-feira, 7 de agosto de 2013

O milagre do boom econômico de Salgueiro vem nos trilhos da transnordestina


           Em nota, o Ministério da Integração Nacional comemora a evolução de Salgueiro no ranking FIRJAN, que mede índices de emprego, renda, educação e saúde nas cidades. Em 2009, o estudo colocava Salgueiro na 61ª posição entre os municípios pernambucanos. No ano passado, despontou como o terceiro mais desenvolvido, atrás somente de Recife e de Ipojuca (base do Complexo Industrial e Portuário de Suape).

Segundo o Ministério, depois do início das obras da Integração do São Francisco  e da ferrovia Transnordestina, o município atraiu empreendimentos e deu um relevante salto de desenvolvimento.

Os canteiros das obras têm garantido a possibilidade de mudança na vida dos moradores do semiárido, antes mesmo da água chegar. Com a aceleração das obras e abertura de novas frentes de trabalho, a expectativa é de que essas oportunidades no sertão sejam expandidas para outras áreas. 

Em Arcoverde, por exemplo, a Transnordestina chegou apenas com o túnel que cruza a BR 232 nas imediações do conhecido viaduto. Já a transposição do São Francisco ainda nem bateu às portas da Capital do São João.

Até outubro, o projeto elevará o patamar de trabalhadores mobilizados de 5,8 mil para 8 mil homens. “Esta é a maior obra de infraestrutura hídrica do país. Por sua dimensão, tem impacto direto na vida das pessoas e está transformando a realidade do sertão nordestino, sobretudo gerando emprego e renda”, afirma o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...