domingo, 21 de agosto de 2011

Arcoverde na prevenção do Câncer de mama

Câncer de mama


Um caminhão percorre alguns bairros de Olinda levando um equipamento que pode mudar a vida de muita gente: o mamógrafo (fotos 1 e 2), que faz exame na mama para detectar a presença ou não de um câncer. Essa unidade móvel faz parte do programa "Amigo do Peito", uma parceria da Secretaria de Saúde de Olinda com o Ministério da Saúde, começou a funcionar no mês de junho, quando foram realizados 150 atendimentos.

O serviço beneficia pessoas que, antes, tinham que se deslocar até o bairro de Casa Caiada, em Olinda, onde esses exames eram feitos. O caminhão do programa vai andar pelos bairros e fazer esse exame de graça em mulheres e homens que precisam fazê-lo. Nesta quinta-feira, a ação é realizada no bairro de São Benedito e, na próxima semana, ocorre em Ouro Preto.
“Fazemos hoje, em Olinda, cerca de 700 exames de mamografia por mês, mas havíamos programado para cerca de mil. Então, esses trezentos, a gente identificou que vinham faltando por alguns motivos. E um deles é a questão do vale-transporte. Então, para ajudar, nós conseguimos esse convênio com o Ministério da Saúde onde a gente facilita a chegada do caminhão para que as pessoas possam, de uma forma mais rápida, fazer o exame”, afirma a secretária de Saúde de Olinda, Tereza Miranda.

Segundo a coordenadora do projeto, Renata Medeiros, os equipamentos do programa são modernos e possibilitam um atendimento de qualidade. “O caminhão está todo equipado para a gente, junto com a Secretaria [de Saúde de Olinda] fazer todo esse rastreamento da mamografia. Temos todo o equipamento e a gente se preocupou de dar toda essa infraestrutura para a realização desse exame. O resultado, a gente entrega no posto com cinco dias úteis para que a pessoa não precise se deslocar a uma unidade de Olinda para pegar o resultado”, diz.

CÂNCER DE MAMA

Em entrevista realizada na edição desta quinta-feira (7) do Bom Dia Pernambuco, o mastologista Darlei de Lima Filho (foto 5), que é presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia em Pernambuco, explicou falou sobre o câncer de mama e o tratamento para homens e mulheres, além da importância da prevenção.

“O câncer de mama é assintomático. De um modo geral, a paciente não tem sintoma nenhum e quando vem dar o diagnóstico, às vezes, é um pouco tardio. Existem alguns fatores de risco, principalmente relacionado com histórico de família, genético ou hereditário, mas 80% do câncer de mama é idiopático, quer dizer, ninguém sabe o motivo porque surgiu o câncer de mama. Cada vez mais, a gente tem observado hoje a incidência aumentando, até mesmo em pacientes mais jovens, abaixo dos 40 anos de idade”, afirma Darlei de Lima Filho.

Ele enumerou, porém, alguns fatores de risco da doença: “Pode ser a idade, o cigarro, o álcool e o uso de pílulas durante 10 a 15 anos sem parar”. E explicou como deve ser feito o autoexame: “Coloca o braço para trás e examina a mama no sentido anti-horário, sempre 10 ou 15 dias após a menstruação. Já o homem tem um tumor duro e fixo bem abaixo da arela do mamilo, então é mais fácil de examinar”.

Darlei de Lima Filho disse a partir de que idade é ideal começar a fazer a ultrassom. “É importante que, a partir dos 20 anos de idade, a mulher já comece a examinar a sua mama, em casa, como rotina, e, se houver necessidade, a cada três anos, fazer uma ultrassom, dependendo do histórico de família e do tipo de mama”, conta.

Ele comentou sobre a polêmica de qual é a melhor idade para começar a fazer a mamografia. “A Sociedade Brasileira de Mastologia preconiza que, a partir de 40 anos de idade, [deve-se] fazer um exame de mamografia anual e, de 35 a 40 anos, fazer um exame de base para fazer um estudo comparativo entre esses exames. Mas, a partir do momento que você tem uma mãe, uma irmã ou uma avó de primeiro grau [com a doença], a partir dos 30 anos já pode começar a fazer [a mamografia]”, afirmou.

MAMÓGRAFOS EM PERNAMBUCO

Quem vive em outras regiões de Pernambuco, também pode fazer exames de graça no Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, existem 64 mamógrafos na rede pública e conveniada de saúde no Estado. Mas dois desses estão sem uso: um no Hospital Jesus Nazareno, em Caruaru, e o outro na clínica Neuroimagem, em
Arcoverde, que é conveniada ao SUS.

Ainda segundo a secretaria, estão em operação na rede pública 10 mamógrafos, além de 44 em clínicas conveniadas e oito em unidades filantrópicas. Na Região Metropolitana do Recife, existem 36 mamógrafos para atender os pacientes do SUS, sendo oito na Zona da Mata, 12 no Agreste e oito no Sertão.

No caso de ser detectado algum tipo de câncer, o paciente é encaminhado para os serviços de referencia estaduais. No Recife, são os hospitais Barão de Lucena, das Clinicas, Osvaldo Cruz, do Câncer de Pernambuco e o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira. Em Garanhuns, são a Casa de Saúde e a Maternidade Perpétuo Socorro. Já em Caruaru, é o Hospital Regional do Agreste. Em Petrolina, é o Hospital Dom Malam.
Fonte: PE 360 graus
Reprodução/TV Globo

Caminhão ‘Amigo do Peito’ oferece exames gratuitos de mamografia em Igarassu

Ação passará por 14 comunidades, às segundas e terças-feiras, realizando exames de mama e de prevenção em mulheres a partir de 40 anos

Foto: Reprodução/TV Globo
A cidade de Igarassu, na Região Metropolitana, recebe, a partir desta terça-feira (16), o caminhão "Amigo do Peito". Ele vai circular em 14 comunidades, às segundas e terças-feiras, disponibilizando exames gratuitos de mamografia e dando orientações sobre o câncer de mama. Serão realizados cerca de 160 exames de mamografia por semana, em mulheres a partir de 40 anos.

O ginecologista Francisco Pimentel (foto 3) explica como é feito o exame: “A paciente coloca o seio em um aparelho chamado mamógrafo, que é tipo uma prateleira, aí é feita uma pressão. O exame tem o objetivo primordial de diagnosticar, o mais precoce possível, o tumor de mama. Com isso, tendo uma chance maior de cura, com uma cirurgia menos invasiva e uma melhor qualidade de vida”.

A ação também vai oferecer exames de Papanicolau, também conhecidos como exame de prevenção. “O material é colhido, levado ao microscópio e estudado, em busca de células malignas. Também com o objetivo de diagnóstico precoce do câncer de colo de útero, um dos que mais mata mulheres no Brasil”, afirma o ginecologista.

De acordo com a secretária de Saúde de Igarassu, Shirley Correia, levar o caminhão "Amigo do Peito" às comunidades é uma forma de prestar assistência integral às mulheres, além de estimular a preocupação com a saúde feminina. “A Secretaria de Saúde observou que havia uma baixa procura das mulheres em relação a esses exames, principalmente o da mamografia. A campanha vai estar vinculada a palestras, realizadas nas unidades de saúde”, diz.

O município possui 31 unidades de saúde, divididos em 14 polos. A secretária orienta que as mulheres a partir de 40 anos que estiverem interessadas podem procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência. “Lá, a equipe de saúde está preparada, treinada para acolher essa mulher, fazer os procedimentos iniciais e encaminhá-la. No dia marcado, ela vai poder realizar esse exame de mamografia”, explica.

Se for detectado o câncer, tanto o de mama quanto o cólo de útero, a paciente será tratada na Policlínica São Lucas, que fica em Cruz de Rebouças e é referência nesses casos. No Imip, os exames de mamografia foram retomados na última segunda-feira (15) e um mutirão para regularizar o atendimento deve acontecer ainda este mês.

HOMENS
É importante lembrar que os homens também podem ter câncer de mama. O número de casos é pequeno, mas existe o risco. Por isso, o auto-exame e as consultas ao mastologista também são indicados ao público masculino.



Caminhão Amigo do Peito

Reprodução/TV Globo


Mamógrafo



Reprodução/TV Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...