sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Emoção e saudade embalam mais uma noite das Sextas-Feiras culturais


Fotos: Amannda Oliveira

Emoção! Esta foi a palavra que deu o tom e embalou os corações, as canções, os discursos e as homenagens de mais uma edição do Projetos Sextas-Feiras Culturais que aconteceu na última sexta-feira (18), no Democrático Esporte Clube de Arcoverde.

Fotos: Amannda Oliveira

Em uma das edições mais marcantes do projeto idealizado pela Câmara de Vereadores de Arcoverde em parceria com o Coletivo Cultural de Arcoverde - COCAR, amigos, familiares e artistas que marcaram a história musical de Arcoverde lotavam o espaço para uma noite repleta de lembranças de quem viveu um período áureo da música arcoverdense e que aumentou a saudade que temos daqueles que não estão mais conosco.

Fotos: Amannda Oliveira

O evento começou com o lançamento do documentário o "Canto e o Encanto de Sebastião Caranguejo", que retratou através de fatos e depoimentos dos amigos e familiares a trajetória do cantor falecido em 1980, lembrado por muitos dos que fazem a música de Arcoverde para quem foi referência.

Raimundo e Sebastião Freitas, irmãos de Caranguejo, receberam a homenagem e emocionados agradeceram a homenagem feita ao irmão. Também foi lembrado o cantor Jonas Freitas, irmão de Caranguejo, que se destacou no canto sacro, com atuação durante muitos anos na Matriz de Nossa Senhora do Livramento.

O cantor e compositor João Silva, cujas canções chegaram a ser gravadas por muitos artistas de renome e que foi parceiro de Luiz Gonzaga, tendo escrito mais de cem músicas, também foi lembrado e homenageado. Sua biografia escrita em cordel pelo Poeta Júnior do Bode, foi declamada pela Poetiza Edilza Vasconcelos e o troféu de homenagem foi entregue ao músico Fubica, contemporâneo do homenageado.


Um dos homenageados mais aplaudidos foi o Senhor Jairo Pacheco, um dos cantores do grupo de Seresta "Os Namorados da Lua", que marcou época na música arcoverdense. O Vereador Luciano Pacheco que representou o pai, falou um pouco da trajetória do mesmo , de ter crescido ouvindo o pai cantando em serestas e de como a família o acompanhava.


As vozes femininas também foram homenageadas. Primeiro veio Lúcia, que nos anos 80 e 90, integrava as bandas que animavam os bailes da cidade.

Em seguida, foi a vez de dona Zita Brito que ao receber a homenagem, falou sobre o por que de ser homenageada e falou a respeito do seu cd gravado recentemente. Dona Zita mencionou que após um baque sofrido pela família havia deixado de cantar e que voltou a cantar após convite dor amigos de Sertânia, onde participou de três canções em CD lançado em homenagem ao compositor sertaniense Valdemar Cordeiro.

A cantora mencionou ainda, uma viagem feita a Terra Santa e destacou que ao se deparar com as colunas quebrantadas viu a li a sua família, e finalizou emocionando que " a minha família é igual aquelas colunas: quebradas, mas nunca derrubadas. Estamos mais unidos e fortes do que nunca", emocionando a todos.


Paulinho Leite, que vem se destacando no cenário estadual da música e que recentemente lançou uma super produção que foi o CD/DVD Floresta de Xaxados, emocionado agradeceu pela lembrança e relembrou a influência de Sebastião Caranguejo na sua carreira, confessando que o cantor foi o seu grande motivo de cantar e que hoje ele não é cantor, é dublê de cantor, por que cantor era Sebastião Caranguejo, arrancando risos da público ao relatar "causos" da sua convivência com Sebastião, na infância e adolescência.

Foto: Amannda Oliveira

A homenagem surpresa foi feita ao Presidente do COCAR, Kleber Araújo, que vem levantando através da instituição toda a história dos artistas de Arcoverde e que lançou recentemente o Cd Frevo no Sertão. Ainda tomado pela homenagem, Kleber relembrou o tio Jovanaldo Ferreira (Botinha), que atuou no segmento da seresta durante muitos anos, de onde se pode destacar as suas interpretações dos sucessos do inesquecível Augusto Calheiros.

Fotos: Amannda Oliveira

Desfeita a mesa, subiram ao palco por Djair, Ronaldo, João Cabral e Fubica, que acompanharam os diversos cantores que se encontravam no recinto.

Fonte: Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...