sexta-feira, 6 de abril de 2018

Crianças com microcefalia, de Serra Talhada e Arcoverde, são beneficiadas com comida que correu risco de apodrecer por falta de transporte


Alimentos doados foram armazenados na sede da União de Mãe de Anjos (UMA), no Recife (Foto: UMA/Divulgação).
Famílias de crianças vítimas de microcefalia, em decorrência do vírus da zika, começaram a receber, nesta quarta-feira (4), os alimentos arrecadados pela União de Mães de Anjos (UMA). A ação social quase foi suspensa por falta de transporte para levar aos municípios do Sertão pernambucano as cestas básicas que estavam estocadas no Recife e corriam o risco de apodrecer.
Na terça-feira (3), a presidente da entidade, Germana Soares, informou que havia o perigo de 1,8 tonelada de comida estragar por causa da dificuldade de distribuição no interior. A UMA solicitou apoio à Secretaria Estadual de Saúde (SES).
Na terça-feira (3), o governo alegou não ter veículos apropriados disponíveis para atender ao pedido naquele momento. Segundo Germana, depois da divulgação do problema, a secretaria entrou em contato com a União de Mãe de Anjos e informou que colocaria à disposição duas caminhonetes.
Com a resolução do problema, por volta da 0h desta quarta (4), a equipe da entidade deixou a capital e partiu para Arcoverde. A cidade foi a primeira parada da ação.
“Estou aqui no Sertão com psicóloga, uma psicopedagoga e assistentes sociais para fazer a distribuição e ajudar essas mães cadastradas pela entidade”, afirmou.
Na cidade sertaneja, distante 255 quilômetros do Recife, a UMA entregou 80 cestas básicas de médio porte, além de leite e fraldas descartáveis. Os alimentos e material de higiene pessoal contemplaram moradores de 14 cidades.
A segunda etapa da ação social ocorrerá na quinta-feira (5), em Salgueiro, distante 518 quilômetros do Recife. “Lá, vamos entregar 40 cestas básicas, além de leite e fraldas”, comentou germana.
Na sexta-feira (6), a equipe da UMA estará em Serra Talhada, distante 415 quilômetros da capital. Para essa etapa da ação social foram reservadas 55 cestas básicas.
Donativos
Os alimentos foram arrecadados no dia 4 de março, durante um encontro no Clube Português do Recife, na Zona Norte. A ação fez parte da mobilização que marcou a Semana da Mulher, que teve o Dia internacional celebrado no dia 8 do mesmo mês.
Segundo Germana, A União da Mãe de Anjos tem oito filiais em Pernambuco, além da sede localizada na capital. São, ao todo, 399 famílias cadastradas.
Ela ressalta que no interior, estão as pessoas mais necessitadas. São cerca de 200 famílias, justamente as que mais preocupam, já que os projetos assistenciais se concentram no Grande Recife.
A ação social prevê, ainda, um trabalho com uma equipe multidisciplinar, que ficou responsável por manter contato com as mães das crianças.
Fonte: Robério Sá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...