terça-feira, 18 de abril de 2017

Características raras que apenas 5% da população possui


Por mais que algumas pessoas sejam parecidas entre si, todos somos diferentes uns dos outros. Obviamente carregamos alguns traços de nossos pais e avós, mas cada um de nós é único.
Dentro da enorme variedade de características que apresentamos existem alguns aspectos muito raros que uma pequena porcentagem da população possui. Alguns se referem a aspectos físicos, outros vão um pouco além.

Ossos incrivelmente fortes

Ao estudar o gene LRP5 (responsável pela mineralização dos ossos), cientistas detectaram um grande número de mutações. A maior parte delas provoca doenças que são acompanhadas da fragilidade dos ossos, tais como a osteoporose.
Acontece que existe também outro tipo de mutação do gene LRP5. Ela faz com que os ossos fiquem super fortes, praticamente inquebráveis, e a pele também fica menos propensa ao envelhecimento.
Claro que isso parece maravilhoso, mas também há um lado negativo nesta história. Por exemplo, quando um paciente mais velho precisa de um transplante de uma articulação desgastada, o processo é muito complicado em função dos seus ossos mais ’duros’.

Sangue de ’ouro’

Claro que este sangue não é, de fato, de ouro. Estamos falando de um tipo de sangue que possui uma propriedade muito rara, sem nenhum antígeno. O sangue do grupo 0.
Esta peculiaridade foi descoberta pela primeira vez em 1961 em uma comunidade aborígene da Austrália. Hoje em dia, existem mais ou menos apenas 40 pessoas com este grupo de sangue. Nove delas são doadores muito valiosos, já que seu sangue é compatível com qualquer outro. Em função desta escassez, alguns médicos decidiram chamar de ’sangue de ouro’.

Músculo palmar comprido

Este músculo é um atavismo, ou seja, o reaparecimento de uma certa característica no organismo depois de várias gerações de ausência. Uma herança dos antepassados que liberava ’garras’ e facilitava o agarrar na hora de saltar de uma árvore para a outra.
Para ver se você tem, coloque o antebraço sobre a mesa com a palma da mão para cima, junte o dedo mindinho com o polegar e levante-os levemente.
Se houver um ligamento na munheca, você possui este músculo estranho. Mas não se preocupe se você não tiver, ele não serve muito hoje em dia.
Fonte: wikipedia.org

Quimerismo genético

Nos mitos gregos uma quimera é uma criatura com cabeça de leão, corpo de cabra e rabo de serpente. Claro que uma pessoa não pode ser metade humano metade animal, mas ela pode ter dois jogos de DNA. Por exemplo, quando, durante a gravidez, um embrião absorve uma parte do DNA de seu irmão gêmeo.
Às vezes, isso se manifesta em um padrão único na pele, ou olhos de cores diferentes, mas, na maioria das vezes, as pessoas nem suspeitam que no seu organismo existem tecidos com diferentes genes. O quimerismo não causa problemas de saúde.
Fonte: PubMed

Fila dupla de cílios

As duas linhas de cílios aparecem devido a uma rara condição genética chamada ’distiquíase’. Um exemplo famoso é a atriz Elizabeth Taylor.
Quando pequena, sua mãe vivia criticando a filha porque pensava que ela tinha pintado os olhos. A mutação faz com que os cílios fiquem mais fortes, como se tivessem sido maquiados.
A distiquíse, em geral, não causa nenhum problema. Em alguns casos, a segunda fila de cílios pode ficar muito próxima da mucosa do olho e causar irritação.

Pequeno orifício ao lado da orelha

Talvez você já tenha reparado que algumas pessoas têm um pequeno orifício próximo da orelha, como se, antes, a pessoa tivesse usado um piercing. Trata-se de uma fístula parótida, formada durante a gestação e presente em apenas 5% das pessoas.
Acredita-se que é uma espécie de atavismo, o que nos remete aos tempos em que as criaturas vivas tinham brânquias. Este orifício é herdado geneticamente e pode estar presente em um ou dois lados da cabeça.
É possível eliminá-lo por meio de cirurgia, mas ele não representa perigo. Em poucas ocasiões, pode inflamar.
Fonte: wikipedia.org

Costelas adicionais

As costelas adicionais em geral aparecem em mulheres. Por isso que algumas pessoas acham que as mulheres nascem com mais costelas que os homens, mas isso, evidentemente, não é verdade.
Este tipo de costela também é chamado de cervical. Seu tamanho varia de pessoa para pessoa. Em alguns casos são apenas protuberâncias, em outros são costelas completas.
Na maioria dos casos, estas costelas não afetam a saúde e o bem estar da pessoa, mas, quando grandes, podem chegar a incomodar um pouco.
Fonte: patient.info

A habilidade de perceber cores ’invisíveis’

Uma outra habilidade que em geral aparece nas mulheres é o tetrocromatismo, ou a habilidade de distinguir mais tons de cores.
Uma pessoa que vê a flor dente de leão e fala que ela é amarela é capaz de ver uma variedade maior de cores que a média das pessoas. Esta condição é provocada por mutações no cromossomo X e faz com que a pessoa consiga absorver um número maior de ondas de cores.
A maioria das pessoas têm três tipos de cones (células do olho dos animais que têm a capacidade de reconhecer as cores) que percebem as ondas de vermelho, azul e verde, outras têm quatro. É por isso que podem ver até 99 milhões de cores. Uma pessoa ’normal’ pode ver 1 milhão.
Fonte: wikipedia.org

Pouca necessidade de dormir

Talvez essas pessoas tenham mais sorte que os outros na lista. São capazes de recuperar as forças duas vezes mais rápido que a maioria de nós. Entre elas, destacam-se Margaret Thatcher, Salvador Dalí, Winston Churchill, Nikola Tesla e outras.
Não se trata de uma rotina correta, mas sim do gene DEC2, cuja pequena mutação foi detectada nas pessoas que dormem pouco. Cientistas da Universidade da Califórnia, em São Francisco, chegaram à conclusão de que as pessoas com a mutação do gene DEC2 podem realizar as mesmas tarefas que outras pessoas em menor tempo.
Em outras palavras, o sono delas é mais eficiente que o das outras pessoas.
Fonte: BBC

Incapacidade para aumentar o colesterol

Outro grupo de pessoas sortudas são aquelas que podem comer praticamente tudo e não precisam se preocupar com o nível de colesterol. O risco de desenvolver doenças cardíacas se reduz em quase 90%.
O que acontece é que lhes falta um par de cópias do gene PCSK9. Neste caso, esta falta é uma vantagem.
Este descobrimento fez com que empresas farmacêuticas começassem a criar substâncias que bloqueassem o PCSK9.
E você, possui alguma destas caracteríticas?
Tradução e adaptação Incrível.club
Foto de abertura kiarasapinoso/twitter.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...