sábado, 11 de março de 2017

Jovem que foi trocada na Casa de Saúde São Lucas há 24 anos, procura por pais biológicos que podem morar em Arcoverde


Foto: Facebook
 O Drama de Natália Rizia de Oliveira, hoje com 24 anos, começou aos 7 anos quando sua "mãe" lhe falou que provavelmente ela não seria sua filha biológica, pois sempre conviveu com a desconfiança de que Natália teria sido trocada na maternidade da extinta Casa de Saúde São Lucas em Arcoverde, Sertão de Estado. 
Natália aos 7 anos - Foto: Facebook
Aos 12 anos a menina pediu de presente de natal um teste de DNA para que todas as dúvidas fossem tiradas. O exame provou que ela não era filha biológica dos pais com quem vivia desde o nascimento. 

 "Foi um choque pra mim, você receber a notícia é um impacto muito grande. Na hora eu perdi o sentido, caiu tudo na minha cabeça, uma vida que eu tinha vivido com meus pais, pra mim, tinha desmoronado", afirma a jovem, hoje com 24 anos de idade.

A mãe de Natália, Neilda de Oliveira, acredita que a troca de bebês pode ter ocorrido no hospital. "Quando foi pra eu ter alta, eu pedia: 'Deixa eu ver meu filho?'. Eu escutava as crianças chorando no berçário e dizia: 'Isso é meu filho que tá chorando.' As enfermeiras falavam: 'Ah, tem tanta criança aqui, por que só seu filho é que tá chorando? Como você sabe?'", conta Neilda.

Logo após o parto, Neilda soube ter dado à luz a um filho homem, mas foi proibida de ver o bebê porque as enfermeiras alegavam a necessidade de cuidados especiais, mas a  criança que levou para casa foi a menina Natália, que luta desde os 12 para encontrar seus verdadeiros pais biológicos.  

Mesmo não assumindo a responsabilidade da troca, a Casa de Saúde chegou a indenizar a família na época da primeira busca, em 2007, e ainda disponibilizou alguns nomes de mulheres que teriam dado a luz a menino na mesma data. 

Natália entrou em contato com a nossa redação na expectativa de que sua busca continue, pois ainda aguarda o fim de sua angústia. "Queria conhecer minha família, ter um contato com eles... mas destrocar, não", diz.

Aproveitando essa ferramenta de mídia, a partir de hoje vamos estar realizando uma campanha "Ajude Natália a encontrar seus pais biológicos".
A TV WEB Repórter fará uma matéria especial com os pais "adotivos" de Natália. 

Qualquer informação entre em contato com a nossa redação 
(87 9.9904-0521- Hozana Araújo)
Aguarde mais informações aqui.

Fonte:  Hozana Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...