sexta-feira, 10 de março de 2017

Idealizada desde o Império e iniciada por Lula, transposição faz águas do Rio São Francisco chegarem à Paraíba




Iniciada em 2007 após decisão do Presidente Luís Inácio da Silva (Lula), a Transposição marcou na noite desta quarta-feira (08) um dos seus pontos ápices ao fazer jogar na seca região do Cariri Paraibano as águas do Rio São Francisco.
Por volta das 19:00 horas desta quarta-feira (8), a água da transposição do Rio São Francisco chegou ao território de Monteiro, no Cariri Paraibano. A imagem acima já mostra a água passando pelo túnel que separa Monteiro (PB) de Sertânia (PE) e em poucas horas atingirá o perímetro urbano da cidade monteirense sendo levada até o açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) através do Rio Paraíba.
Nesta sexta-feira (10) o Presidente Michel Temer irá ao município de Monteiro participar da solenidade que anunciará oficialmente a chegada das águas á Paraíba. Também existe uma articulação de aliados e admiradores para que ainda neste mês de março o ex-presidente Lula vá à Monteiro presenciar a chegada das águas a região do Cariri Paraibano
A HISTÓRIA DO PROJETO

A ideia de transposição das águas remonta ao ano de 1847, ou seja, no tempo do Império Brasileiro de Dom Pedro II, já sendo vista, por alguns intelectuais de então, como a única solução para a seca do Nordeste. Naquela época, não foi iniciado o projeto por falta de recursos da engenharia. Ao longo do século XX, a transposição do São Francisco continuou a ser vista como uma solução para aumentar as disponibilidades em água no Nordeste Setentrional. A discussão foi retomada em 1943 pelo Presidente Getúlio Vargas.
Porém, foi no primeiro mandato do Presidente Lula que o governo federal contratou as empresas Ecology and Environment do Brasil, Agrar Consultoria e Estudos Técnicos e JP Meio Ambiente para reformularem e fazerem os estudos ambientais para fins de licenciamento do projeto pelo IBAMA e iniciar a maior obra já vista no nordeste do país.
O Projeto de Integração do Rio São Francisco foi iniciado em 2007 mesmo contra a vontade de algumas instituições, políticos e até líderes religiosos da época.
Concluída, a transposição vai garantir o abastecimento regular de 390 cidades em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte, beneficiando 12 milhões de pessoas, que sofrem no quinto ano consecutivo de estiagem.
Fonte: Paraíba Mix

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...