domingo, 26 de fevereiro de 2017

Quinze erros comuns que prejudicam sua roupa na hora da lavagem

Para manter a boa aparência da roupa, é preciso lavá-la corretamente. Certo? Sim, mas, afinal o que significa ’lavar corretamente’?



O Blog Arcoverde e Cia mostra a seguir os erros mais frequentes e que podem arruinar nossas peças favoritas.
  1. Separação incorreta das roupas. Além de dividir por cor, é preciso prestar atenção também ao tipo de tecido: roupas de lã, por exemplo, devem ser lavadas separadamente. Já toalhas não devem ser lavadas com peças sintéticas.
  2. Eliminação incorreta de manchas. Não se surpreenda ao se deparar com um furo na roupa se você é daqueles que esfregam as manchas com força. Peças manchadas precisam ser tratadas com cuidado. Esfregar pode acabar espalhando a sujeira, então o melhor a fazer é umedecer a mancha com um pano de cor branca.
  1. Excesso de sabão. O sabão em excesso produz espuma demais, e isso pode acabar levando à retenção de sujeira em áreas como a gola. Por conta disso, bactérias se acumulam na peça, comprometendo a lavagem.
  1. Zíper. Os zíperes devem ser fechados antes da lavagem, pois a parte dentada pode danificar outras peças.
  2. Botões fechados. Por outro lado, botões de camisas e de outras peças devem ficar abertos. Do contrário, eles podem se soltar, desgastando o tecido.
  3. Alvejante em excesso. O uso do alvejante deixa os tecidos menos resistentes. Por isso, experimente antes uma técnica bem conhecida pelas nossas avós: ferver a roupa numa panela grande cheia de água com algumas gotas de suco de limão.
  1. Lavagem automática de trajes de banho. É totalmente proibido lavar trajes de banho ou qualquer outra peça de lycra (elastano, spandex) na máquina. Elas precisam ser lavadas à mão, com água fresca.
  2. Deixar que a lavadora ’descanse’. Algumas pessoas deixam que sua lavadora ‘descanse’, acreditando equivocadamente que, caso faça vários ciclos seguidos, a máquina irá quebrar. Porém, o mais inteligente é lavar várias vezes seguidas. Assim, você aproveita o calor emitido pela lavagem anterior, reduzindo o consumo de energia.
  1. Um ciclo para travesseiros e cobertores de penas. Se você lava travesseiro de penas e cobertores na máquina, lave-os duas vezes: penas de ganso, comuns hoje em dia, costumam reter espuma e, após um ciclo, o sabão pode ficar preso no travesseiro.
  2. Cadê os malditos pares das meias? Depois de uma lavagem, encontrar os pares certos das meias é sempre difícil. Tente ao menos uma vez esta dica: coloque primeiro as meias na máquina, e depois as demais peças. Você irá gostar do resultado.
  3. Amaciante para toalhas. Amaciante de roupas reduz a capacidade absorvente dos tecidos. Melhor evitar o produto neste caso.
  1. Roupas em excesso. Você não deve sobrecarregar sua lavadora, pois isso faz com que a roupa seja danificada, assim como o mecanismo da máquina.
  2. Lavagem incorreta de casacos. Para que o ‘recheio’ dos seus casacos não forme bolas na hora de lavar, coloque umas três bolas de tênis dentro da lavadora. Assim, a parte interna dos agasalhos não será prejudicada, e toda a espuma irá sair.
  1. Uso de produtos caros. Muitos dos produtos que costumamos usar têm similares mais baratos: sal, por exemplo, devolve o brilho das roupas e o giz ajuda a tirar manchas de gordura. Suco de limão pode ser útil para perfumar e amaciar as peças. Só não exagere na dose.
  1. Cuidados incorretos. Lave sua máquina com mais frequência, sem esquecer que os compartimentos para sabão e amaciante são removíveis na maior parte das lavadoras. Deve-se lavar inclusive na parte de baixo desses recipientes, para retirar todo o excesso de sabão. Não feche a lavadora após limpá-la. Espere que ela esteja seca e ventilada. Algumas vezes por ano, faça um ciclo de lavagem com água quente e vinagre branco. Sua máquina de lavar ficará como nova!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...