quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Técnicos visitam Aeroporto de Arcoverde para estudo de viabilidade de reforma

Técnicos visitam Aeroporto de Arcoverde para estudo de viabilidade de reforma

Nessa semana, Arcoverde recebeu uma equipe técnica, enviada pelo Banco do Brasil, para realizar um estudo de viabilidade de reforma do Aeroporto Airon Rios. 

Recepcionada pelo Secretário Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Renato Campos, a equipe visitou o local, onde tirou fotos e fez anotações.

De acordo com o administrador Walmir Oliveira, na última sexta-feira (24), outra equipe esteve também realizando a topografia do local. 

Entre as solicitações exigidas pelos técnicos, estiveram as cópias do Plano Diretor, do Plano de Resíduos Sólidos, entre diversos outros dados sobre o município.

“Antigamente, tínhamos uma média mínima de 40 vôos por mês, devido o transporte do malote do Banco do Brasil. Com o término desse serviço, por exemplo,de dezembro para cá tivemos apenas 10 vôos”, explica o administrador Walmir Oliveira, que é da prefeitura, mas gerencia o aeroporto, que está sob o  comando do Governo do Estado.

Com uma pista de 1300 metros, o aeroporto recebe aeronaves de pequeno porte e está com problemas na estrutura de balizamento (lâmpadas quebradas) e no isolamento da área, que possui cerca de 400 placas de concretos danificadas por vândalos ou, até mesmo, pelos criadores de animais, que colocam o rebanho para pastar nos acostamentos da pista.

“A prefeitura concertou as luzes em junho de 2013, num investimento próprio de R$ 6 mil, mas, há quinze dias, não temos mais nenhuma inteira”, esclarece Oliveira, que acrescenta: “Por isso, não podemos receber nenhum vôo noturno”.

A área possui um posto da Polícia Militar, mas com pouca estrutura. “Como podemos assegurar um lugar com tamanha extensão com apenas dois homens e sem nenhum meio de transporte?” finaliza o administrador.

Federal - O Governo havia anunciado, no final de 2012, um conjunto de medidas para melhorar a infra-instrutora e a qualidade dos serviços aeroportuários no Brasil, bem como ampliar a oferta de transporte aéreo. 

Ao todo, 270 aeroportos serão contemplados, sendo nove deles em Pernambuco: Recife, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Salgueiro, Araripina e Petrolina, além de Fernando de Noronha, num total de R$ 216,8 milhões.
O aporte previsto para todo o Nordeste é de R$ 2,1 bilhões, em 64 aeroportos.  O objetivo é também fomentar rotas de baixa e média densidades de tráfego, de modo que 96% da população esteja a menos de 100 quilômetros de distância de um aeroporto apto a receber vôos regulares.
Fonte: PMA
Fotos: Émerson (Jornal Portal do Sertão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...