sábado, 25 de maio de 2013

Esteticista que atuava em Arcoverde e Regiao, é presa em Ipu acusada de estelionatário e homicídio culposo

Policiais Militares do Estado do Ceará estiveram em Ipu na noite de ontem, quinta-feira (23/05) para cumprir dois mandatos de prisão preventivos contra uma esteticista natural de Itapipoca-CE que estaria montando um consultório no município de Ipu.


Foto/ Portal Correio (Paraíba)
De acordo com a Polícia Civil de Ipu a mulher é acusada de Homicídio Culposo no município de  Arcoverde Sertão de Pernambuco e Estelionatário em Campina Grande na Paraíba.

A receber voz de prisão Maria Gorete Moura Castro, 49 anos acabou passando mal e foi internada no Hospital Monsenhor Moraes em Ipu onde ficou sob escolta policial. A esteticista será levada para o Presídio Municipal de Ipu, onde aguardará transferência para o Presidio Feminino, Complexo do Serrotão em Campina Grande/PB.

No crime cometido em Campina Grande o Juiz que expediu o mandato de prisão preventiva foi o Dr. Paulo Sandro Gomes de Lacerda, Juiz criminal da 5ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande, Estado da Paraíba. Em Pernambuco o mandato foi expedido pela Juíza Raquel Beronildi Breno, juiz titular da comarca de Arco Verde, Estado de Pernambuco.

A Delegacia de Defraudações e Falsificações de Campina Grande na pessoa do delegado Iasley Almeida que investigou o caso na época explicou na imprensa da Paraíba que Maria Gorete estava sendo acusada de prática irregular da medicina, de exposição de pessoas a risco de saúde e de provocar prováveis lesões em pacientes.

Matéria vinculada sobre o caso no Correio UOL

Maria Gorete Moura da Castro está sendo procurada pela Polícia da Paraíba e de Pernambuco. Ela é acusada de aplicar golpes contra mulheres em Campina Grande com a venda de pacotes de serviços estéticos e de fazer intervenções de competência médica em pelo menos doze mulheres, duas delas tiveram complicações. Ao iniciar as investigações sobre o caso, a Delegacia de Defraudações e Falsificações de Campina Grande descobriu que Maria Gorete já tem um mandado de prisão expedido pela Justiça de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, por ter provocado a morte de uma cliente com o mesmo tipo de golpe que estava aplicando aqui, na Paraíba.

De acordo com informações do delegado Iasley Almeida, que investiga o caso, a acusada após o crime em Pernambuco teria vindo para Campina Grande em busca de um novo lugar para aplicar os golpes."Ela oferecia os pacotes através da internet. Algumas clientes compraram os serviços e pagaram, mas quando chegaram na clínica encontraram o lugar fechado", contou o delegado. Ele disse ainda que a falsa esteticista chegou a realizar algumas intervenções no Estado, pois duas das vítimas que procuraram a Polícia para denunciar o golpe já tinham feito intervenção estética e reclamaram de complicações.

Entre os procedimentos feitos pela falsária estão massagem e drenagem linfáticas e aplicação de botox. Ele acredita que Maria Gorete após perceber que algumas mulheres estavam reclamando, resolveu fechar a clínica e desaparecer. O delegado explicou que Maria Gorete está sendo acusada de prática irregular da medicina, de exposição de pessoas a risco de saúde e de provocar prováveis lesões em pacientes. Ele pediu à população para denunciar se tiver qualquer informação que leve a Polícia a localizar a falsária. As denúncias podem ser feitas através do telefone 197. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...