sexta-feira, 20 de abril de 2012

Secretário de obras de Arcoverde é investigado pela Operação Resgate



Malotes com documentos apreendidos são encaminhados para sede
 da PF (Foto: Katherine Coutinho / G1)
Atuação
A quadrilha que está sendo investigada atuaria no desvio de verbas públicas de obras de médio e pequeno porte, principalmente no interior do estado, segundo a polícia. "A atuação começava desde a obtenção de recursos públicos, onde eles tinham influência, passando também pela elaboração de projetos. Quando esses recursos chegavam aos municípios, eram feitas licitações dirigidas para que essas empresas fossem contratadas", explica o delegado de Repressão a Crimes Financeiros e Desvios de Recursos Públicos da PF, Daniel Silvestre de Lima.

De acordo com a PF, não haveria um chefe na quadrilha, mas três engenheiros se revezariam na fiscalização, projeto e execução da obra. "Apesar de atuarem em vários municípios, eles eram uma quadrilha. Havia uma repetição do envolvimento desses investigados em diversas obras, pessoas vinculados a mais de um município e a mais de um órgão público", detalha o delegado. Segundo ele, era comum eles ocuparem cargos em órgãos públicos e também nas empresas, ao mesmo tempo.

Dentre os servidores investigados e que serão afastados da função, estão o superintendente da Funasa em Pernambuco, Alcio Pitt, e o secretário de Obras de Arcoverde, Eduardo Lima. Fiscais de contratos municipais também podem estar envolvidos. 

Fonte: Arcoverdereporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...