domingo, 4 de dezembro de 2011

Aviões da FAB transportam corpos de vítimas de acidente da BA para PE



G1

Os 14 primeiros corpos das vítimas do acidente com um ônibus ocorrido neste sábado (3) na BR-116, no interior da Bahia, devem chegar ao aeroporto de Caruaru (a 135 quilômetros do Recife, no Agreste pernambucano) por volta das 14h. Os outros 19 corpos dos pernambucanos mortos no acidente chegam ainda neste domingo (4), mas não há previsão de horário. O transporte será feito por dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB).

De acordo com o Secretário de Saúde do Estado de Pernambuco, Antônio Figueira, todos os corpos já foram identificados pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Jequié e de Vitória da Conquista, municípios baianos. "Há ainda 13 feridos que serão transferidos para a Capital pernambucana e encaminhados para o Hospital da Restauração", afirmou.

As autoridades de Pernambuco e da Bahia estão trabalhando em conjunto. "O Governo baiano está nos ajudando bastante. Montamos um ponto de apoio com uma equipe psicossocial para dar assistência os familiares das vítimas", detalhou o secretário da Defesa Social de Pernambuco, coronel Mário Cavalcanti. O Governo de Pernambuco decretou luto oficial de três dias. Acidente A colisão envolveu um ônibus que transportava trabalhadores do corte de cana, um caminhão e uma carreta carregada com materiais de escritório. Os trabalhadores viajavam de cidade Jateí, em Mato Grosso do Sul, para Pedra e Buíque, no Agreste de Pernambuco.

O acidente aconteceu no km 583 da BR-116, região conhecida como "Serra do 100". Segundo a PRF de Milagres, o local é uma ladeira. No trecho, a estrada é composta por três pistas, duas utilizadas para subida e uma usada para descida.

De acordo com a polícia, o ônibus com os trabalhadores fazia uma ultrapassagem permitida nas duas vias de subida no momento em que a carreta descia a estrada no sentido contrário. O motorista da carreta teria perdido o controle e o semi-reboque que ela transportava teria invadido a pista contrária, atingindo o ônibus e jogando-o para fora da pista. O caminhão, por sua vez, foi atingido pelo ônibus.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirma que o ônibus envolvido não tinha autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e circulava mediante uma liminar expedida pela Justiça de Brasília.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...