sexta-feira, 3 de junho de 2011

SÃO JOÃO DE ARCOVERDE É DESTAQUE NA REVISTA NORDESTE

“Hoje é feira”
No São João dos Sertões, em Arcoverde (PE), expectativa é que a cidade fature R$ 12 milhões





O Estado de Pernambuco responde por um dos mais tradicionais e concorridos festejos de São João: o da cidade de Caruaru, que é também conhecida como a Capital do Forró. Muitas outras cidades pernambucanas se esforçam, no período, para tirar-lhe o título que ostenta em toda a decoração da cidade e até nos suvenires, de Melhor São João do Mundo, com destaque para Arcoverde e Gravatá, que nos últimos anos têm atraído considerável público.

Situada a 130 km de Recife, Caruaru decora as suas ruas procurando resgatar
todo o cenário de 200 anos atrás. A cidade inteira fica em festa e os ateliês ficam
de portas abertas. Mas é sobretudo no Parque de Eventos Luiz Gonzaga que turistas e moradores se divertem. Com capacidade para mais de 100 mil pessoas,
chama a atenção por um palco de quase 30 metros de extensão em formato de concha.

Gilberto Gil, Elba Ramalho, Zé Ramalho, Alceu Valença, Chiclete com Banana,
Jorge de Altinho, Maciel Melo, Petrúcio Amorim, Valdir Santos e Erisson
Porto são alguns dos nomes confirmados
para esta temporada. Um certo ar de modernidade fica por conta das quadrilhas puxadas por trios elétricos, ao som do forró eletrônico, ao longo da avenida Agamenon Magalhães, sempre atraindo centenas de seguidores.
Outro diferencial do São João caruaruense é o Alto do Moura, que durante os 30 dias de festejo tem apresentações de trios de forró pé de serra e bandas de pífano.

Apontada como a capital do sertão ou ainda do samba de coco, Arcoverde orgulha-se por seu papel crescente no turismo junino. Só para essa temporada, parcerias entre a prefeitura e os governos estadual e federal vão mobilizar investimentos de R$ 2,5 milhões. A cidade, que fica a 256 km de Recife, espera receber nessa edição que tem o nome de “São João dos Sertões – Arcoverde te espera, hoje é feira”, mais de 700 mil turistas, ou seja, dez vezes o total de sua população.






A expectativa é de que esse período junino reverta para a cidade algo em torno
de R$ 12 milhões. E para atender a todos os gostos, serão montados dez pólos com as mais diversas atividades, da alimentação à poesia ou forró gospel, por exemplo. Ou ainda o forró pé de serra, passando pelo coco, o forró estilizado,
o xaxado, o forró rock e o reisado. Entre os nomes mais conhecidos, Dominguinhos, Renato Teixeira, Zé Ramalho e Fala Mansa. Policiamento e vigilância sanitária estarão em alerta total para garantir a segurança do turista.



Outro concorrido São João pernambucano ocorre em Gravatá, a 85 km da capital.
Garantem os organizadores que ele atrai mais de 100 mil pessoas por dia. Os
festejos acontecem no Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar e no Polo da Sanfona, na avenida Joaquim Didier, onde são montados uma cidade cenográfica interiorana, com restaurantes, barracas de comidas e bebidas típicas, e um grande arraial, onde se pode dançar ao som das bandas, trios pé de serra e quadrilhas.

Fonte: Revista Nordeste
Fotos: Jornal Portal do Sertão/Émerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...