quinta-feira, 30 de junho de 2011

Turistas pedem o Samba de Coco Raízes de Arcoverde de volta aos palcos


Postado por Sivonaldo César em 29 de junho de 2011 - 14:50

Durante o São João, um grupo de turistas se organizou e preparou cartazes pra chamar a atenção do prefeito e público presente para as raízes de nossa cidade, manifestação essa que todos nós de Arcoverde é quem deveria ter feito.

A movimentação feita foi para pedir a volta do Samba de Coco Raízes de Arcoverde aos palcos de nossa cidade. Turistas reclamam que vieram de longe para ver o Coco Raízes e quando chegaram aqui se depararam com uma programação faltando uma peça importante da cultura de nossa terra.

Eu trabalho junto ao povo. Pediram nossa atenção e fomos correndo atender. Confiram:

E só pra lembrar, uma boa notícia para quem gosta do Samba de Coco de nossa terra. O Festival Lula Calixto, realizado pelo Coco Raízes está confirmado para os dias 12, 13 e 14 de novembro. É isso ai, o festival vem com todo o embalo e animação, recebendo arcoverdenses e turistas para essa grande festa da cidade de Arcoverde.

Fonte: www.xisclub.com.br

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Compositor João Silva, parceiro de Luiz Gonzaga, se apresenta nesta segunda

À primeira vista, não dá para perceber. O rosto rústico, a pele marcada pelo sol e por 75 anos de uma vida bem vivida, escondem os olhos azuis cristalinos do compositor João Silva. Mas eles estão lá. Vívidos, curiosos. Gostam de contar o que viram de forma mansa, detalhada. Sem pressa e sem interrupções. Certa vez, em uma entrevista na televisão, tentaram passar pó compacto no rosto dele. “Olhei para a moça e disse: Você sabe de onde eu sou? Eu sou de Arcoverde!”, esbravejou, orgulhoso do seu aspecto sertanejo.

João Silva se apresenta nesta segunda, a partir das 21h, na Casa da Rabeca (Cidade Tabajara, Olinda). Veio Mangaba, Ancieta Dali e Paulinho Leite também fazem shows. Informações: (81) 3371.8197.

Compositor de mais de duas mil músicas (“entre 2020 e 2050”, detalha), morou por mais de 45 anos no Rio de Janeiro. Fuma de três a cinco cigarros por dia e há poucos anos começou a deixar a bebida de lado. “Eu não sabia beber. Começava com duas cachaças e depois era cerveja, uísque, o que viesse”, recorda, sentado em um bar ao lado do apartamento onde mora há quatro anos.

Entre as mais conhecidas músicas da parceria João Silva e Luiz Gonzaga estão Uma pra tu, um pra mim, Pobre sanfoneiro, Nem se despediu de mim, Danado de bom, Vou te matar de cheiro, Pagode russo e muitas outras.

A vinda - ou volta - ao Recife não foi fácil. Há mais de 50 anos, no Rio, João Silva conheceu Tânia Cândida da Silva, então com 13 anos. “Ela era de cor e se tornou líder comunitária de 26 comunidades em Belford Roxo”, recorda, com saudade. Nunca se casou com ela, mas moraram juntos por 46 anos e tiveram cinco filhos, que lhe deram cinco netos e dois bisnetos. Quatro anos atrás, Tânia morreu. Os amigos disseram para ele mudar os móveis da casa - ia ser mais fácil não lembrar tanto dela. Os filhos, preocupados com a tristeza do pai, chamaram um psicólogo. “Ele disse que isso não ia adiantar. Eu escutava qualquer barulho na casa e achava que era ela. Acredito em outra vida depois daqui, mas não que se consiga passar de um mundo para o outro”, diz. Por conselho dos filhos, deixou o Rio de Janeiro. “Ela era muito conhecida. As pessoas me viam e diziam ‘coitadinho do João’. E era verdade”.

No caminho para o Recife, passou em Aracaju. Ficou sabendo de uma banda havia gravado 10 músicas suas sem autorização e sem pagar direitos autorais. Quando foi falar com a responsável, apaixonou-se. Veio com ela para o Recife, onde mora atualmente. Na quarta-feira passada, João Silva sentou em uma mesa de bar com o Diario. Sem beber e nem comer, falou sobre a carreira e o futuro do forró:

Parceria com Gonzagão
Na maioria das vezes, eu fazia a música e a letra. Às vezes, ele só começava a música e eu terminava. Ele não tinha tempo. Só teve quando adoeceu. O que acontecia é que eu entregava tudo para ele e ele arrumava alguma coisa da letra. Ele chegava e dizia “eu quero fazer uma música disso e dissso”. Ele uma vez disse “a Bahia gosta muito de mim, vamos fazer uma música e cantarolou: “Maria Baiana pra onde você vai, Maria Baiana pra onde você vai…”, perguntei: e o resto? “agora é contigo, nojento” (risos). E assim foi.

Forró eletrônico
Isso que chamam de forró eletrônico nasceu aqui porque no interior não tem cinema, não tem teatro, mal tem televisão. Colocaram esse nome de “forró” porque vende. Mas não tem absolutamente nada a ver com forró. É algo que existe no mundo desde o can can da França. É para ver mulher dançando. Elas mostram a calcinha e as pessoas aplaudem. A coisa da fantasia. Cresceu por que houve investimento, os empresários colocaram dinheiro nisso. Mas não é forró de jeito nenhum.

Máfia
Gravei um disco do Trio Nordestino e gastei 11 mil, no dinheiro da época. Vendeu 280 mil cópias. Gonzaga gravou um no mesmo ano, custou 300 mil e vendeu 1,5 mil. O que estava errado? Os diretores da gravadora colocavam 50 zabumbas, 50 sanfonas. Mas só usavam uma e embolsavam o dinheiro do resto. Era uma máfia e Gonzaga nem desconfiava. Antes de me conhecer, ele era uma firma mal-administrada. Os empresários ganhavam fortunas com os shows e davam muito pouco dinheiro para ele.

Jabá
A gravadora queria dar um disco de ouro para Gonzaga e me chamou para produzir. O que fiz de diferente dos outros? Mídia. A gravadora tinha um roteiro de divulgação em cada estado. Você ia para Maceió, São Paulo, Salvador, com os nomes das rádios, para se apresentar lá. Mas não dava dinheiro. O vinil de Danado de bom já saía da gravadora com o cheque dentro do encarte para pagar as rádios, as emissoras de TV grandes. Porque as pequenas seguiam os que as grandes tocavam. Em um mês e meio, conseguimos vender cem mil cópias.

Futuro do forró
Eu acho que fica só nisso mesmo. Se os grandes empresários resolverem fazer um investimento nas bandas pé-de-serra, aí fica bem de novo. Senão, é isso mesmo ou até pior. Agora se os empresários que gastam com essas bandas aí investirem no forró, ele vem e fica eterno. Se não, a briga é feia. Tudo é investimento. O artista é a mídia. Eu ví o vídeo de uma cantora gringa (Amy Winehouse) que ela entrou bêbada, jogou o pedestal do microfone no chão. A maior artista do mundo! E continua sendo a maior artista do mundo, porque a mídia segura. Vendo ela cantar atualmente, você não dá um centavo. Tantos cantores novos aqui no Recife - ou em São Paulo, onde o forró vem crescendo muito - menino de 18 anos engolindo o acordeon… Se o meio empresarial investir, o forró fica de um jeito que ninguém derruba ele. Mas do jeito que tá… Eu faço um show, Gennaro faz outro, e vem aquela banda fuleira e faz 50. Demoro seis meses pra receber o cachê. A banda recebe adiantado. E outras vezes é paga e nem vem tocar.

SAIBA MAIS

- Seu maior sucesso sem Gonzaga foi Pra não morrer de tristeza, que teve cerca de 40 gravações. Entre os nomes, Ney Matogrosso e Núbia Lafayette.

- O filme Recordações nordestinas, de Deby Brennand, é sobre a vida e a obra de João Silva. O documentário, que deve ser lançado em 2012, segue o roteiro da música Arcoverde meu, com passagens e entrevistas do Agreste ao Sertão.

- João Silva atualmente trabalha na produção do álbum de Silveirinha, do grupo Cascabulho. Foi para esse disco que cômpos sua mais recente música, na semana passada, o xote Mais gostoso tô.

- Como cantor, João Silva gravou cinco discos, sendo três LPs. “Não gosto de cantar. Não sei nem os nomes dos álbuns, nem das músicas desses discos”, diz.

- Conheceu Luiz Gonzaga um mês antes do golpe militar de 1964, na rádio Mayrink Veiga, onde cantavam forró. "Eu fui para o Rio já fã de Gonzaga. No Sertão, sempre tentava ver um show dele. Ele cantou uma vez em Buíque e eu saí a pé de Arcoverde para vê-lo, mas não cheguei a tempo", lembra.

Por Carolina Santos, do Diario de Pernambuco

domingo, 26 de junho de 2011

Arcoverde abre a festa de São Pedro com show belíssimo de Renato Teixeira.


Encerradas as festividades de São João, Arcoverde abriu as portas para as comemorações do São Pedro de 2011. Para marcar o início das festividades um show que encantou arcoverdenses e turistas: Renato Teixeira, subiu ao palco as 11h30 e trilhou a madrugada de São Pedro através de grandes sucessos do cancioneiro popular. Cantador e público misturavam vozes em meio a vibração de canções como "Romaria", "Amanheceu, peguei a viola", "Amizade Sincera", "Tocando em frente" e outras que estavam na boca do povo.


Logo após Renato Teixeira foi a vez de Josildo Sá tocar o samba de latada misturado ao autêntico forró pé de serra. A primeira noite do São Pedro terminou ao som da banda Gatinha Manhosa. Hoje a folia continua, começando logo cedo, no Alto do Cruzeiro, a partir das 15h, com Forró Tempero Nordestino, samba de coco das irmãs Lopes, Edy Carlos e Larris e Flor de Mandacaru. As 16h, também, na Budega da Poesia, acontece os shows de Juninho Saigon, Declamadores de poesia e quebra coco aliança.

A noite, a festa do São Pedro de Arcoverde começa com Wagner Carvalho, seguido de Nando Cordel e Eliane, a partir das 22h. Ainda tem teatro "Beco do Buíque", grupo Afro Kijani e Larrisa no Polo das Artes; Maciel Cigano e Forró da Carolina no Pé de Serra; Machine Zero, Diphusa e Isotopia no polo Multimusical. Até dia 28, o São Pedro de Arcoverde promete ainda muita festa com nomes como Cavaleiros do Forró, Arreio de Ouro, Falamansa e Zé Ramalho.

Fonte: Arcoverdedetodos.

I Caminhada do Forró foi um sucesso neste sábado em Arcoverde











Neste sábado, aconteceu dia a I Caminhada do Forró em Arcoverde. O primeiro evento deste tipo está sintonizado com o tema da festa de 2011 – Arcoverde te espera hoje é feira – o evento teve a concentração no Centro Comercial – CECORA (onde funciona a principal feira da cidade), e seguiu para o Polo Alternativo do Alto do Cruzeiro, onde teve apresentações musicais. A caminhada contou com a participação de vários trios de forró da cidade, de quadrilhas matutas de pernas de pau, de artistas e da população em geral e tem como objetivo a valorização dos músicos arcoverdenses ligados às tradições juninas e contou com a participação da JODIBE, representante da AMBEV na região.
A festa coincidiu com a realização do VI Forró na Feira, evento já consolidado no São João de Arcoverde e que é organizado pelo sanfoneiro Lacerda , que a cada ano consegue reunir mais pessoas no Bar do Heleno que funciona no CECORA, onde é servida uma deliciosa buchada de bode. Esse evento funciona como uma roda de forró, onde a tônica é a animação e os autênticos ritmos regionais. Assim, o Forró na Feira será o grande ponto de concentração da Caminhada do Forró. Certamente o CECORA se transformou nesse dia em um grande arraial junino, para onde convergirão as pessoas que durante o dia se ressentem da falta de atividades festivas na cidade. No mesmo dia, teve um animado “rala-bucho” com grupos musicais de Arcoverde. Não tenham dúvida que a I Caminhada do Forró vai se constituir em mais um diferencial para o São João de Arcoverde, que a cada ano se firma com uma dos pólos festivos mais concorridos do interior nordestino.

Fontes: Arcoverde e Cia / www.Dárcio Rabelo.com.br

Pólo multimusical mistura música, dança e teatro em Arcoverde


Foto: Amannda Oliveira

O pólo multimusical localizado na Praça Winston Siqueira um dos mais movimentados no São João de Arcoverde, teve a presença marcante do Maracatu na noite de ontem (24).
Por mais de uma hora o público que lotava o pólo pôde conferir de perto da apresentação das crianças que deram um show de dança e música.

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Hoje a programação do pólo é a seguinte:

21h00 – Grupo de Danças Folclóricas Elizabeth Freire
22h00 – Poetas Aboiadores Carlinhos e Anselmo 22h30 – Poetas Repentistas Maximino Bezerra e Adailto Oliveira 23h00 – Reisado Encanto de Caraíbas 00h00 – Teatro: Beco do Buique, uma Feira, uma Vida... Uma História 01h00 – Quebra-Coco Aliança 02h00 – Forró Balaio de Cheiro

Fonte: Amannda Oliveira

O que tem na feira de Arcoverde?

O que tem na feira?

Foto: Amannda Oliveira

O nosso o que tem na feira, traz neste sábado um pouco do cantinho da dona Miracy que leva o seu nome. É a Miracy Arts. Dentro você pode encontrar cachecou, bonés, lenços, bolsas, brinquedos e cintos. Vale a pena conferir e quem sabe levar pra casa alguma peça nova.

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Fonte: Amannda Oliveira

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Santana canta Riacho de Mel no São João de Arcoverde


Feliz São João! Arcoverde te espera hoje é feira!

Muita gente chegando a cidade, dia de rever os amigos, de matar a saudade de terra natal, dia de festa. É são joão! Arcoverde escolheu este ano o tema: Arcoverde te espera hoje é feira , para festejar o são joão e para homenagear esta festa linda que vem acontecendo vamos relembrar uma música de Luiz Gonzaga que retrata um pouco do nosso são joão. Tenham todos um feliz são joão.


Arcoverde Meu

Luíz Gonzaga


Eita! Olha aí meu conterrâneo
O trem da serra tá chamando
Eu também tou nessa aí
Alô Vitória
Terra da caninha boa
Serra das Russas
Mas que doce abacaxi

Já vou Bezerros
Adeus Gravatá
Em Arcoverde
Tem alguém a me esperar, ai, ai
Caruaru, Capital do Forró
Tou com pressa, tou vexado
Deixo um beijo pra Filó
Diabo de frente!
São Caetano demorou-se
Tou com sede, quero um doce
De pesqueira saboroso

Eita! Mimoso
Vai abre a porteira
Que Arcoverde me espera } bis
Hoje é feira
Cidade linda
Coisa minha, meu amor } bis
Arcoverde
Gente boa, aqui estou
Eita! Olha aí meu companheiro...
Belo jardim
Ai quanta saudade
Aquele abraço
E muita felicidade
Fonte: Blogfalandofrancamente.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

O que você encontra na Feira de Arcoverde?


Uma das lojinhas montadas em torno da feira impecável do artistas plástico Suedson Neiva e hoje vamos lhes apresentar a Arribe Minha Saia. Esta loja é um sonho para quem gosta de mimos. São bonecos feitos de tecido e a mão, quadros, artigos em madeira e pano de prato e com um precinho daqueles que agente pode levar uma lembrancinha para cada membro da família.

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Queremos agradecer a cada comerciante que tem nos recebido com carinho e atenção e dizer que logo mais estaremos pelas ruas fotografando tudo, por que Notícias no São João dos Sertões é no Falando Francamente.

Fonte: Amannda Oliveira

Multiculturalidade é destaque no São João de Arcoverde


Foto: Amannda Oliveira


O palco multicultural do São João dos Sertões, localizado na Praça da Bandeira, mostrou na noite de ontem (22), por que recebeu este nome.Quem abriu a noite foi a banda recifense Faringes da Paixão que nasceu em 2008 e traz a música brega com uma nova roupagem. A banda animou o público que se fazia presente e cantou todas as músicas do repertório.

Foto: Amannda Oliveira

Mais a grande atração da noite foi sem sombra de dúvidas um dos artistas mais queridos do Nordeste, o cantor cearense Santana que balançou, empolgou e emocionou o público ao passear trazer um repertório com músicas que fizeram história como "Arcoverde Meu" de Luiz Gonzaga que remete ao título do São João arcoverdense deste ano ao cantar Eita! Mimoso/ Vai abre a porteira/ Que Arcoverde me espera hoje é feira.

Foto: Amannda Oliveira


O público na Praça da Bandeira com famílias inteiras vibrou com músicas do repertório do cantor como Ana Maria, Tamborete de Forró, Lembrança de um beijo, Pra nunca mais tu me deixar, Tampa de Pedra e muitas outras, indo do xote, ao xaxado e o baião em uma viagem aos mais autêntico do nosso forró. Foi impossível ficar parado.

Foto: Amannda Oliveira

Quem encerrou a noite foi a Banda Santropê com o seu forró estilizado. A noite desta quinta-feira será animada pelo Coco Trupé de Arcoverde,Helton Moura e o Cambaio, Banda Sertão com Cleyton Barrros, Geraldo Azevêdo e a Banda Vilões do Forró.

E você já fez a sua programação de hoje? O são joão de Arcoverde tem muito o que mostrar e se você quiser ficar antenado passa por aqui.

Fonte: Amannda Oliveira

O que você encontra na Feira de Arcoverde?


Foto: Amannda Oliveira

Um dos cantinhos mais quentes do são joão de Arcoverde é sem sombra de dúvidas a Casa do Jaraguá.
Jaraguá que é um dos personagens mais queridos da criançada nos festejos juninos e que pode ser encomendado em miniatura para as crianças. Lá você encontra também camisas customizadas com o nome de Arcoverde e pode experimentar a Cachaça Doida Real produzida artesanalmente pelos proprietários.

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira
Foto: Amannda Oliveira

Foto: Amannda Oliveira

Foto:Amannda Oliveira

Fonte: Blog Falndo Francamente.

Zé Ramalho em Arcoverde

Zé Ramalho atravessa fase forrozeira e faz dois shows no São João de Pernambuco

Zé Ramalho. Imagem: Dario Zalis/ Divulgação
Zé Ramalho fala sobre o disco em homenagem a Jackson do Pandeiro.

Zé Ramalho fala sobre o disco em homenagem a Jackson do Pandeiro.

Os dois últimos discos de Zé Ramalho são dedicados ao forró. Nada mais natural, portanto, que o cantor esteja na programação de São João de diversas cidades do Nordeste. Em Pernambuco, ele toca neste domingo em Caruaru e na próxima terça em Arcoverde.

O último disco do paraibano, lançado em 2010, é todo dedicado à obra de Jackson do Pandeiro. Ele canta músicas como Sebastiana, Chiclete com Banana e Forró de Surubim, entre outras.

Em 2009, Zé Ramalho já havia lançado um CD com canções famosas na voz de Luiz Gonzaga, incluindo Asa branca, Assum preto, Pau-de-arara, Olha pro céu, Qui nem jiló e O xote das meninas.

Fonte: Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

Mais de 50 mil pessoas devem prestigiar o São João de Arcoverde


Mais de 50 mil pessoas devem prestigiar o São João de Arcoverde nesta quinta (23)

A véspera de São João, nesta 5ª feira, dia 23, promete uma diversidade cultural pra ninguém botar defeito em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. A grande novidade da noite das fogueiras juninas será, sem dúvida, a apresentação de Clayton Barros e a banda Sertão no pólo Multicultural. Integrante da ex-banda Cordel do Fogo Encantado, Clayton apresenta pela primeira sua banda após o fim do grupo a cerca de um ano.

Além do ex-Cordel, sobem ao palco central da festa na Praça da Bandeira, o samba de coco Trupé de Arcoverde com Cícero Gomes, remanescente do Coco Raízes de Arcoverde, seguido de Helton Moura e o Cambaio. A grande atração da noite será o cantor Geraldo Azevedo que promete encantar turistas e visitantes com seus grandes sucessos. Fechando a noite, já na hora do sol raiar se apresenta a banda de forró vaneirão Vilões do Forró.

No pólo Gospel a animação fica por conta de Silvio Rogério e Banda de Monteiro da Paraíba. No pólo das artes a noite será animada pelo coco das Irmãs Lopes, Grupo Poesia na Cabeça e Banda Ki-Xote. Antes acontece a apresentação do espetáculo teatral “Beco do Buíque, uma Feira, uma Vida...Uma história”. Os amantes da música alternativa e do rock vão poder conferir a apresentação dos grupos Sistema de Protesto e Balão Popular de Arcoverde no pólo Multimusical. Já os adoradores do verdadeiro arrasta pé vão poder dançar a noite toda no Polo do Forré Pé de Serra ao som de Românticos do Forró e Zezito Santos a Alegria do Forró.

A expectativa da Secretaria de Turismo é que mais de 50 mil pessoas circulem pela cidade nesta véspera de São João. Toda a rede hoteleira está com 100% de seus leitos ocupados e mais de 300 casas foram alugadas pelos amantes do São João multicultural.

Fonte: NE10.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Arcoverde transfere feriado de Corpus Christi

Os comerciários vão poder brincar o São Pedro sem a preocupação

Os comerciários de Arcoverde vão poder brincar o São Pedro sem a preocupação de chegar cedo ao trabalho. Acordo feito entre a Associação Comercial, CDL e Prefeitura de Arcoverde transferiu o feriado de Corpus Christi previsto para este dia 23, véspera de São João, para 29 de junho, dia de São Pedro.

No decreto assinado pelo Prefeito Zeca Cavalcanti ele considera o elevando fluxo de pessoas que visitam Arcoverde neste período junino elevando as vendas do comércio e garantindo mais oferta de empregos e renda para a população. O acordo foi feito com a anuência do Sindicato dos Comerciários.

Via Arcoverde de Todos

Arcoverde apresenta pratas da casa na véspera de São João



Conhecido como o São João multicultural, Arcoverde distribui entre 10 pólos descentralizados ritmos como o forró-pé-de- serra, coco, MPB, rock, blues. Mas é no dia 23, que o público terá a oportunidade de ver essa mistura no palco principal.

Amanhã, é a vez da banda Helton Moura e o Cambaio, prata da casa, exibir a performance que vem conquistando a capital, desde o lançamento do cd Maquete Sonora,em novembro do ano passado.

A noite será aberta pelo Coco Trupe de Arcoverde, comandado pelo puxador Ciço Gomes, ex- Raízes e contará ainda com as apresentações da banda Os Sertões (Clayton Barros, ex-Cordel do Fogo Encantado) e a MPB de Geraldo Azevedo.

Arcoverde promove campanha para desafogar trânsito

A Autarquia de Trânsito e Transportes de Aroverde (Arcotrans), promove nesse sábado (25), o dia 'D sem carro', com o objetivo de facilitar o tráfego no período junino da cidade, em que 60 mil pessoas circulam diariamente pelos 10 polos do evento.

Para divulgar o Dia sem Carro, educadores vão distribuir panfletos estimulando o uso de alternativas de transporte, como o ônibus, bicicleta ou caminhada. A expectativa é retirar aproximadamente 500 carros diariamente durante os dias de festa que encerram no dia 28.

Fonte: NE10.

Operação São João, da PRF, fiscaliza rodovia

Ao todo, 370 policiais rodoviários federais, 70 viaturas e dois helicópteros foram deslocados para as BRs 232, 104 e 101; motoristas devem tomar cuidados devido às chuvas


Repriodução/TV Globo

Foto: Repriodução/TV Globo

Para aproveitar a festa de São João em Caruaru, Arcoverde, Campina Grande e outras cidades nordestinas, muitas pessoas vão pegar a estrada. Alguns já partem na noite desta quarta-feira (22) porque o feriado de Corpus Christi é nesta quinta (23). Mas dirigir não é nada fácil nesse tempo de tráfego intenso e pistas molhadas. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), que aumentou a fiscalização nas estradas durante as festas juninas, recomenda o máximo de cuidado com a segurança.

A Operação São João, da PRF, foi iniciada à meia-noite desta quarta e segue até este domingo (26). O inspetor Eder Rommel (foto 1) explica como vai ser a fiscalização nas rodovias federais no Estado.

“Nós estamos disponibilizando 370 policiais rodoviários federais nessa operação, temos o suporte de 70 viaturas e dois helicópteros, uma voltado para o resgate de vítimas de acidentes e o outro para o patrulhamento. Estamos priorizando a fiscalização e o patrulhamento na BR-232, que é a rota do forró, que leva as pessoas para o Agreste e para o Sertão, e temos vários postos em Gravatá, em Caruaru e em Arcoverde, por isso ela vai ser a rodovia mais policiada. A BR-104 também, que corta Caruaru, e a BR-101, pois, mesmo com tempo chuvoso, muita gente ainda busca as casas de praia”, afirma.

Eder Rommel também cita alguns cuidados que os motoristas devem ter nas estradas, sobretudo nesta época de chuvas.

“O inverno começou oficialmente ontem [terça-feira (21)] e essa preocupação se redobra com as chuvas. Nesse período de São João, muitas pessoas viajam, principalmente para o Agreste, e vão trafegar pela BR-232, que, em vários pontos, retém água. É uma atitude completamente diferente dirigir em pista seca e em pista molhada. Quando estiver com chuva, ele deve reduzir a velocidade de imediato, acender os faróis e aumentar a distância do seu carro ao que está na sua frente. O excesso de velocidade, quando se depara com uma poça d’água, por exemplo, ele provavelmente irá patinar e perder o controle do veículo”, diz.

INTERIOR
O número de policiais rodoviários federais que vão atuar em Caruaru, no Agreste, até este domingo aumentou em 50%. De acordo com o inspetor Dannyel Albuquerque (foto 2), da PRF, alguns trechos da BR-232 são mais críticos. “Nós temos alguns pontos de alagamento próximos a Caruaru no Km 127 e 126, onde pode ocorrer aquaplanagem se o motorista não vier com prudência”, diz.

Por causa disso, os cuidados devem ser ampliados. “Devido às chuvas, os motoristas devem redobrar a atenção e, principalmente, andar com os faróis acesos para que eles sejam mais visíveis pelos outros veículos. E as pessoas que fazem uso de bebida alcoólica não peguem o volante, pois a gente vai fazer um combate efetivo contra a alcoolemia”, afirma o inspetor.

Durante a Operação São João, as lombadas eletrônicas serão desligadas. “Mas nós teremos radares móveis que vão trabalhar junto com o pessoal, além do bafômetro”, conta Dannyel Albuquerque.

LOMBADAS
Para ajudar a diminuir os congestionamentos nas estradas, o DER desligou as lombadas eletrônicas. Na BR-232, foram desligadas as que ficam nos municípios de Moreno, Pombos e Bezerros e também no bairro do Curado, no Recife. Foram desligados, ainda, os equipamentos que ficam na PE-60, em Ipojuca, na PE-27, em Aldeia, e na PE-35, em Itapissuma. As lombadas voltam a funcionar na segunda-feira (27).

Fonte: pe360graus.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...